Início


 

Coordenação

Coordenadora: Maria Helena Silveira Bonilla

Vice-Coordenador: Jonei Cerqueira Barbosa

 
HISTÓRICO

O Programa de Pós-Graduação em Educação da UFBA foi criado em 1971, na Faculdade de Educação, com o objetivo de capacitar prioritariamente o pessoal docente das Faculdades de Educação para o exercício de suas funções. O projeto inicial do curso consistia de capacitação em serviço. Inicialmente inscreveram-se os docentes da Faculdades de Educação da Bahia, Sergipe e Alagoas, com ingresso automático e deviam realizar o curso no máximo em três anos, prazo que incluía a elaboração da dissertação. O programa contou no começo com a colaboração de professores estrangeiros visitantes vinculados ao projeto UNESCO/BRA/70/10 e, em 1972 obteve colaboração do Conselho Britânico.

Inicialmente, o Curso de Mestrado em Educação possuía uma área de concentração – Pesquisa Educacional, que teve sua definição em 1972. Uma nova concepção passou a ser adotada em 1975, ampliando sua área de atuação para Ensino e Ciências Sociais Aplicadas. Esta configuração permaneceu até a reforma curricular realizada no período de 1983 -1987, ocasião em que tais áreas foram fundidas em uma única: educação brasileira.

Como desdobramento do desenvolvimento da pós graduação em Educação da FACED/UFBA, ao longo dos anos 80, cresce a idéia de criação e implantação do Curso de Doutorado em Educação. Primeiramente ele foi pensado para ser regional, com etapas realizadas na UFBA e outras em universidades da região. Entretanto, esta não foi a idéia que se concretizou e, em 1992 foi implantado o Curso de Doutorado em Educação, com base na docência e produção científica.

Posteriormente, a unificação do Mestrado com o Doutorado em Educação, em 1993, teve como princípios a flexibilidade curricular, a interdisciplinaridade e a integração ensino-pesquisa. È neste momento que o PPGE se reestrutura a partir de linhas de pesquisa fortalecendo a investigação científica no âmbito da pós-graduação. As primeiras linhas de pesquisa que abrangiam o PPGE foram: Currículo e Tecnologias de Informação e Comunicação; Filosofia, Linguagem e Práxis Pedagógica; Políticas e Gestão da Educação e Trabalho e Educação. Entretanto, a dinâmica da produção de conhecimento no mundo contemporâneo, e na FACED em particular, associada à mobilidade de professores, fez com que uma nova configuração de temáticas fosse ocorrendo ao longo do tempo delimitando outros grupos de pesquisa,

 Em 1995 o curso de doutorado foi formalmente reconhecido pela Capes. Ao longo de sua existência, o PPGE vem contribuindo para a qualificação de docentes para as universidades do estado da Bahia, bem como de parte da região Nordeste, e também para a formação de profissionais que vêm ocupando cargos dirigentes em órgãos dos sistemas federal, estadual e municipal de ensino. Nesse período, também acumulou significativa experiência em matéria de estudos avançados, comportando-se como um importante centro de pesquisa educacional do Nordeste e do Brasil. Em 1994 este Programa de Pós-Graduação em Educação firmou convênio com a Universidade Estadual de Santa Cruz, iniciando uma turma de mestrado, visando a implantação, num futuro próximo, de um programa de pós-graduação da UESC. Em 2007, tem início um novo Mestrado Interinstitucional  com a Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia.

No ano 2000 o PPGE adota como Área de Concentração: Educação, Sociedade e Práxis Pedagógica. Ao adotar por área de concentração sua proposta de formação a conjugação entre Educação, Sociedade e Práxis Pedagógica, o PPGE afirma seu compromisso com a educação pública de qualidade em todos os níveis e expressões. Nessa perspectiva, toma por eixos inspiradores das suas várias Linhas de Pesquisa: a práxis educativa como mediação dos processos de constituição do sujeito social em educação e das formas de singularidade na sociedade, a pluralidade, a diversidade e a desigualdade como pressupostos para a construção da educação contemporânea.

· Objetivos gerais do Programa

Formar o docente, o pesquisador e o profissional de educação capazes de elaborar e implementar projetos de pesquisa inovadores.

Produzir conhecimentos a partir de análises de situações concretas no campo da educação e suas relações com a sociedade.

Produzir referenciais teórico-metodológicos para compreensão do processo educativo e das relações educação-sociedade.

Baixe o Histórico completo em pdf